Destaque Pedrinhas Paulista saúde

Coronavírus, H1N1 e Dengue: Secretaria da Saúde de Pedrinhas Paulista trabalha em três frentes de contágios

 

As Campanhas e mobilizações no combate a diversas doenças, estão a todo vapor na cidade de Pedrinhas Paulista.  A reportagem da Folha de Pedrinahs conversou com a Secretária de Saúde do município Zilda Nascimento, que relatou como está a situação na vacinação contra a gripe (Influenza), na batalha contra a disseminação do coronavírus e da dengue.

INFLUENZA

De acordo com a secretária da saúde, as vacinas contra Influenza estão chegando de forma gradativa no município. Mais de 39,63% da população pedrinhense que forma o público alvo dessa fase da campanha já foi vacinado.  “Iniciamos a segunda fase da campanha, que contempla portadores de doenças crônicas não transmissíveis (obesidade, diabetes, hipertensão arterial, acidentes cerebrovasculares), motorista e cobradores de transporte coletivo, portuários e a população indígena,” afirma Zilda.

CORONAVÍRUS

Com relação ao Covid-19, as ações que ajudam a prevenir o contágio do vírus vão continuar. As orientações estão sendo feitas aos estabelecimentos comerciais e a população. ““Penso que nosso município não está imune de começar a surgir casos suspeitos como em cidades da nossa região. A Secretária comentou que alguns lugares estão resistentes em se adequar as orientações, “porém o nosso papel é cuidar da população e nesses casos pedimos a colaboração de todos, pois sozinhos não conseguiremos evitar o surgimento e propagação da doença. Fiquem em casa e evitem locais com aglomerações”.

DENGUE

Devido ao aumento de casos de dengue nesse começo de 2020, foi feita a nebulização em toda cidade, que se encerrou no dia 11 de abril. A secretária pontua que até o presente momento não houve novos casos, nem suspeitos. “Porém não podemos descuidar dos nossos quintais, principalmente após o período chuvoso”, finalizou a secretária de Saúde Zilda Nascimento.

Para maiores informações, entrar em contato com a Secretaria da Saúde por meio do telefone: (18) 3249-1000.

Leia Também