Destaque Educação Região

Diretor do Grupo San Pio Construtora fala sobre conclusão da construção do “Bloco de Ciências da Saúde” da FEMA

Ocorreu na última sexta-feira (27.08), a cerimônia de inauguração do “Bloco de Ciências da Saúde” da Fundação Educacional do Município de Assis – FEMA, com a presença do presidente da FEMA, Arildo José de Almeida, do vice-governador do estado de São Paulo, Rodrigo Garcia, e do secretário de desenvolvimento regional do estado de São Paulo, Marco Vinholi.

Em entrevista ao Jornal da Folha de Pedrinhas, o responsável pela construção do novo bloco da FEMA, o pedrinhense e empresário Adriano Lecce, contou alguns detalhes da obra. Ele é diretor-executivo da San Pio Construtora, empresa especializada em construção civil, atendendo obras públicas e privadas, com sede no município de Pedrinhas Paulista (SP).

Segundo Lecce, a FEMA vem crescendo cada vez mais nos últimos tempos. No ano de 2006, considerando a crescente busca por profissionais da área da saúde, o IMESA – Instituto Municipal de Ensino Superior de Assis obteve autorização para implantar o Curso de Enfermagem na FEMA. Em 2016 e 2018 deram início às primeiras turmas dos Cursos de Medicina e Fisioterapia, respectivamente. “O investimento na obra de alto padrão do ‘Bloco de Ciências da Saúde’, com 3 mil metros quadrados, foi de 6 milhões de reais. Uma estrutura feita em pré-moldado, com uma construção inovadora e moderna. A San Pio gostou muito de colaborar nesta obra e ela ainda fomentou o desenvolvimento da nossa empresa”, destaca o pedrinhense.

Foi um ano e três meses de obra para a construção do “Bloco de Ciências da Saúde”, que conta com laboratórios e cerca de 80 salas de aula, completas com todos os equipamentos necessários para os estudos dos alunos da área da saúde. Além disso, em breve, haverá a inauguração do “Bloco de Engenharia Civil” na FEMA, que também está sendo construído pela San Pio Construtora. “A construção do ‘Bloco de Engenharia Civil’ terá o mesmo porte e a mesma qualidade e arquitetura do ‘Bloco de Ciências da Saúde’”, conclui o empresário.

Leia Também