Agronegócio Destaque

Evento da Cocamar ‘Safratec 2017’ recebeu cerca de 5 mil visitantes

Presidente da Cocamar Didi, falou com a reportagem da Folha de Pedrinhas

Em sua 25ª edição, o Safratec 2017, promovido nos dias 18, 19 e 20 de janeiro pela Cocamar Cooperativa Agroindustrial em sua Unidade de Difusão de Tecnologias (UDT) no município de Floresta, região de Maringá (PR), recebeu cerca de 5 mil visitantes, entre produtores, técnicos, autoridades, lideranças e expositores paranaenses e de outros Estados.

ATRATIVOS – O evento, que marcou a abertura oficial da Colheita de Soja 2016/17 na região, teve pela primeira vez a presença de maquinários em exposição e também em atividades dinâmicas. A UDT, com área de aproximadamente 500 mil metros quadrados, apresentou trabalhos técnicos em diferentes áreas, como manejo de solo, desempenho de cultivares de soja e híbridos de milho, o espaço da pecuária com programas inovadores, entre os quais a integração lavoura-pecuária-floresta (ILPF), cerca de 50 estandes de empresas e instituições parceiras da cooperativa, divulgando produtos e serviços, cultura do café e até mesmo uma pista de test-drive para carros e utilitários, além de vários outros atrativos.

CONHECIMENTOS – A iniciativa é uma “universidade a céu aberto”, onde produtores têm acesso a novos conhecimentos e tecnologias e a oportunidade de tirarem suas dúvidas dialogando diretamente com especialistas. A proposta central do Safratec é contribuir para o aumento da produtividade das lavouras. Em relação a soja, carro-chefe do agronegócio brasileiro e regional, é meta é atingir, nos próximos anos, um patamar de produtividade de 100 sacas por hectare.

APRIMORAR – No dia 18, a programação foi reservada exclusivamente à equipe de técnicos da cooperativa e convidados. Ao pronunciar-se na solenidade oficial de abertura, no dia 19, o presidente da Cocamar, Divanir Higino, assinalou que “a transferência de conhecimentos é a atividade mais nobre desempenhada pela cooperativa”, salientando que ao aprimorar-se, o produtor mantém a competitividade dos seus negócios. Higino disse ainda que, para a Cocamar, o Safratec se reveste de especial importância por oferecer soluções aos desafios regionais.

RECONHECIMENTO – Ainda no dia 19, o secretário de Estado da Agricultura e do Abastecimento, Norberto Anacleto Ortigara, afirmou que com realizações como esta, a Cocamar e outras cooperativas paranaenses impulsionam o agronegócio estadual. Ortigara, a propósito, recebeu um reconhecimento da diretoria da cooperativa, por apoiar gestões como a conquista do zoneamento agroclimático para o milho de inverno, que incluirá todos os municípios paranaenses a partir da safra de 2017. “A Cocamar faz um grande esforço para melhorar a vida dos cooperados”, afirmou o secretário, frisando que o agronegócio estadual totalizou 15 bilhões de dólares em exportações no ano passado e que a safra de soja, em início de colheita, deve ser recorde, ao redor de 18,3 milhões de toneladas.

COLHEITA – Em seguida, ao lado de dirigentes da cooperativa, e do presidente do Instituto Emater, Rubens Ernesto Niederheitmann, Ortigara inaugurou a Colheita de Soja em uma lavoura cultivada no próprio recinto do Safratec.

CONTINUAR EVOLUINDO – No dia 20, a abertura da programação foi prestigiada pelo presidente do Sistema Federação da Agricultura do Estado do Paraná (Faep), Ágide Meneguette que, em seu discurso, destacou a necessidade de os produtores continuarem evoluindo. “O Paraná é um Estado diversificado e muitas das conquistas do setor se devem à sensibilidade e aos esforços do governo do Estado para com a atividade rural”, observou Meneguette. Ele ressaltou, no entanto, que ainda é preciso “fazer mais”, referindo-se ao manejo do solo. “As chuvas intensas do ano passado trouxeram prejuízos para todos, mas será que estamos fazendo corretamente a nossa parte?”, inquiriu.

NEGÓCIOS – Demonstrando o otimismo dos produtores em relação a safra de soja 2016/17, o Safratec foi, também, uma plataforma para a realização de negócios com maquinários. Foi ali, no estande da Cocamar Máquinas, novo concessionário de produtos e serviços John Deere para Maringá, Paranavaí e São Pedro do Ivaí, que o cooperado Nelson Trivilin Júnior, de São Carlos do Ivaí, se animou a adquirir um trator. “A gente precisa de equipamentos mais modernos e entendeu que a oportunidade é essa”, comentou. Além dele, Arthur Baptistela, Élcio Edier Ferreira Júnior, Nilson Cremm, Luiz Carlos Teixeira, Giovanni Roberto Sirotti, Valdir Virgílio e outros, fecharam negócios com colheitadeiras.

VALEU A PENA – O cooperado José Ayala, produtor de soja em Santa Cecília do Pavão, disse que valeu a pena viajar três horas de ônibus até Floresta, para visitar o Safratec. “O agricultor tem que ir em busca do aprendizado”, justificou. Já Roberto Boggio, dono de fazenda em Maringá, fez questão de ir ver o espaço da cafeicultura, conduzido com máquinas. “O café continua sendo um excelente negócio e aqui é possível constatar essa verdade”, completou.

 

Leia Também