Destaque Pedrinhas Paulista

Profissionais da Educação: Presidente da Câmara Juninho Giannetta trabalha para que projeto do piso salarial trâmite em regime de urgência

O presidente da Câmara Municipal de Pedrinhas Paulista, o vereador Juninho Giannetta, compareceu à redação da Folha de Pedrinhas nesta sexta-feira, dia 17, para dar uma entrevista exclusiva sobre o projeto de lei do piso salarial dos professores, apresentado pelo prefeito Freddie Nicolau.

Na oportunidade, Juninho que ressaltou que o Legislativo e o Executivo de Pedrinhas Paulista estão trabalhando juntos para valorizar os profissionais da educação na cidade. Portanto, ele coloca a agilidade de tramitação da Câmara à disposição para a aprovação do projeto.

“Vamos dar toda a agilidade para que o projeto trâmite em regime de urgência, para aprová-lo o mais breve possível e fazer com que os professores possam usufruir logo desse dinheiro. Valorizar a educação do nosso município é, também, valorizar as crianças da nossa cidade. Então é um projeto de muita importância, que já existe em muitos outros países, que investem muito em educação”, disse o presidente da Câmara Municipal.

Juninho finaliza a entrevista afirmando que a missão de sua gestão é exatamente essa: “Reconhecer os trabalhadores e valorizar a educação, atuando com agilidade par aprovar projetos como este”, encerrou, enfatizando que o projeto é ainda mais importante por conta do pós-pandemia, uma vez que a Covid-19 causou transtornos e prejuízos à educação de todo o país.

Sobre o projeto

Por meio da Secretaria Municipal de Educação de Pedrinhas Paulista, a gestão Freddie e Ana Claudia vai implantar o piso nacional dos profissionais da educação.

O prefeito Freddie e toda sua equipe educacional e financeira apresentaram, na última quinta-feira, dia 16, na Câmara Municipal, um projeto de lei que será protocolado junto ao Legislativo, autorizando o município a garantir o piso salarial dos professores.

O projeto prevê aumentos salariais em sua maioria de 12% a 22%, representando um impacto anual de cerca de R$ 500 mil reais nas contas do município

 

Leia Também