O Projeto PV 48, do goleiro assisense Paulo Victor Vidotti, será implantado em Assis e tem expectativa de atender aproximadamente 2 mil crianças da rede pública de ensino e rede privada em diferentes modalidades esportivas.

A proposta foi apresentada ao prefeito José Fernandes e ao vice-prefeito Márcio Veterinário, em reunião realizada no Paço Municipal, no dia 9 de janeiro, com a presença do Paulo Victor, Sílvio Bahia, presidente da Autarquia Municipal de Esportes de Assis (AMEA), Roberto Carlos, o Mé, e Gesué Vidotti, pai de Paulo Victor.

Durante o encontro, Paulo Victor falou da sua vontade de investir no esporte em Assis e ajudar as crianças, no sentido de tirá-las das ruas e oferecer melhor qualidade de vida a elas, além do desejo de manter as crianças em lugares seguros.

“Meu sonho sempre foi implantar esse Projeto em Assis. É preciso ocupar o tempo das crianças. A gente precisa ver essa coisa bonita na nossa cidade. Nós somos responsáveis pelas crianças e precisamos despertar o gosto pelo esporte e pelos bons costumes para criarmos cidadãos dignos e honestos. Afinal, o que nós precisamos mesmo é investir nas crianças e valorizar o nome da nossa cidade. Eu vou acompanhar esse Projeto de perto, pois quero usar o meu nome para o bem”.

O Projeto será implantado na cidade de Assis em parceria com a Prefeitura e acompanhamento de diversas secretarias.

O presidente da Autarquia, Silvio Bahia, já trabalha em parceria com o coordenador do Projeto, Roberto Carlos, em Assis para que seja implantado imediatamente, porém aguarda estruturação dos espaços que serão cedidos para a realização das aulas.

Bahia comenta que a intenção é iniciar com as aulas de futebol de campo e depois com futebol

de salão.

“Estamos ansiosos para o início do projeto, pois é considerado de grande magnitude e vem atender a um dos objetivos da atual administração, que é investir na integração e na valorização e ocupação das crianças e adolescentes no esporte”, fala.

Leia Também