Destaque Geral

Ministério da Saúde pretende celebrar data de início da vacinação contra Covid-19

O Ministério da Saúde está estudando uma celebração para marcar o início da imunização contra a Covid-19 no Palácio do Planalto na próxima terça-feira (19). A cerimônia incluiria a vacinação de um idoso e de um profissional da saúde. O acontecimento ainda não está confirmado.

Há muitas incertezas envolvendo os dias oficiais de vacinação contra o vírus no Brasil, o que tem levantado muitas críticas em relação ao trabalho do ministro da Saúde, o general Eduardo Pazuello.  De acordo com a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), no domingo (17), haverá uma reunião dos diretores da agência para decidir a respeito da autorização de uso emergencial de vacinas contra Covid-19.

No momento, a Anvisa avalia dois pedidos para o aval, o do Instituto Butantan, com o uso de 6 milhões de doses da vacina Coronavac importadas da China em 2020 e o da Fiocruz, com autorização de 2 milhões de doses da “vacina de Oxford”, que serão importadas da índia nos próximos dias.

O evento no Planalto ainda está sendo discutido, já que alguns Conselheiros do presidente se recusam a ser vacinados. Outro argumento é de que a cerimônia só faria sentido se o presidente fosse ser imunizado no momento, e Bolsonaro já ressaltou diversas vezes que não irá tomar a vacina, chegando a dizer que quem fosse imunizado poderia virar um jacaré.

O plano de vacinação com início no Palácio do Planalto seria uma forma positiva de divulgar a ação do Ministério da Saúde, que enfrenta críticas pela demora em iniciar a imunização no Brasil em comparação a outros países.

Auxiliares do ministros defendem que a comemoração deveria ser feita no Rio de Janeiro, onde está planejada a chegada das doses importadas da Fiocruz.

Assim que o Ministério da Saúde se pronunciar sobre o evento, a Folha de Pedrinhas irá atualizar seus leitores.

 

Leia Também